JK Rowling se emociona ao voltar ao apartamento onde criou Harry Potter

A escritora britânica JK Rowling chorou de emoção ao lembrar seu difícil começo e visitar o modesto apartamento onde criou Harry Potter durante a gravação de um programa de televisão.

A autora, agora milionária, permitiu que as câmaras entrassem no pequeno apartamento de um quarto em que viveu em Edimburgo, quando começou a escrever a saga do famoso mágico e ao qual não retornava há mais de uma década, apesar de a mansão onde atualmente vive estar localizada a apenas alguns quilômetros.

“Aqui é onde realmente dei uma virada na minha vida”, disse a autora ao ver em sua antiga casa alguns dos seus livros, informou hoje o tablóide britânico “Sunday Express”.

“Se soubesse que em dez anos voltaria com uma equipe de televisão e meus livros publicados estariam nas estantes de outra pessoa neste quarto… É realmente incrível”, acrescentou. A autora reconheceu que seus anos nesse apartamento ajudaram a definir sua personalidade.

O momento foi registrado pela equipe que está gravando o programa “JK Rowling… Um ano na vida”, que acompanhou a escritora enquanto ela escrevia “Harry Potter e as Relíquias da Morte”, o sétimo e último livro da série, .

O documentário faz um retrato íntimo da escritora que um dia dependeu da ajuda de amigos e que agora tem uma fortuna avaliada em 500 milhões de libras (cerca de 700 milhões de euros).

Durante um curto período, JK Rowling chegou a ter que morar em um local facilitado pelo serviço social. A autora vivia com cerca de cem euros semanais e havia pedido 5,6 mil euros emprestados a uma amiga para poder pagar alguém para cuidar de sua filha, Jessica, enquanto freqüentava a universidade.

Foi enquanto estudava que começou a escrever “Harry Potter e a Pedra Filosofal”, o primeiro livro da série.

A autora destacou em alguns momentos como era diferente a vida em seu prédio e na vizinhança.

“A violência, o crime e a dependência eram parte da vida diária nessa parte de Edimburgo”, lembrou JK Rowling, que, após vender 325 milhões de exemplares com seus seis primeiros livros, quebrou com o último outro recorde ao registrar a venda de 11 milhões de cópias em apenas 24 horas.

Um livro de contos da autora, definido como “uma maravilhosa forma de dizer adeus” ao famoso mágico foi leiloado este mês, com fins benéficos, por 2,7 milhões de euros, com o que desta vez sim, Rowling e o mundo se despedem de Harry Potter.

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s